Avançar para o conteúdo

Como se proteger da descarga eletrostática (ESD) no trabalho?

Compartilhe este post:
   Tempo de leitura: 3 minutos

A descarga eletrostática (ESD) é a liberação de eletricidade estática quando dois objetos entram em contato. Exemplos familiares de ESD incluem o choque que recebemos quando atravessamos um tapete e tocamos uma maçaneta de metal. Um exemplo mais extremo de ESD é um relâmpago.

Embora a maioria dos eventos seja inofensiva, pode ser um problema caro em muitos ambientes industriais.

Como a descarga eletrostática ocorre?

A ESD primeiro requer um acúmulo de carga eletrostática. Isso ocorre quando dois materiais diferentes se esfregam. Um dos materiais fica carregado positivamente; o outro fica carregado negativamente. Quando essa carga entra em contato com o material certo, ela é transferida e temos um evento ESD.

Qando a carga é liberada em um dispositivo eletrônico, o calor intenso da carga pode derreter ou vaporizar as peças, fazendo com que o dispositivo falhe. Às vezes, um evento ESD pode danificar um dispositivo, mas ele continua funcionando. Isso é chamado de defeito latente, que é difícil de detectar e reduz significativamente a vida útil do dispositivo

Muitos dispositivos eletrônicos são suscetíveis a eventos de ESD de baixa tensão. Por exemplo, os componentes do disco rígido são sensíveis a apenas 10 volts. Por esse motivo, os fabricantes de dispositivos eletrônicos incorporam medidas para evitar eventos de ESD em todos os processos de fabricação, teste, envio e manuseio. Uma das medidas mais comuns é o uso de calçados de segurança ESD.

Dependendo do local de trabalho, os riscos ESD podem incluir:

  • Explosões
  • Incêndios
  • Problemas de Saúde
  • Danos em componentes eletrônicos

A Norma regulamentadora 10 trata sobre segurança em instalações e serviços de eletricidade. Em seu artigo 10.9.3: “Os processos ou equipamentos susceptíveis de gerar, ou acumular eletricidade estática devem dispor de proteção específica e dispositivos de descarga elétrica.”

Como reduzir os riscos da descarga eletrostática?

Existem diversos Equipamentos de Proteção Individual e Coletiva (EPIs; EPCs) que são amplamente utilizados a fim de evitar problemas, seja no trabalho minucioso como na fabricação de peças eletrônicas ou mesmo no transporte de líquidos inflamáveis:

  • Jaleco antiestático;
  • Calcanheira dissipativa;
  • Manta antiestática;
  • Luva antiestática;
  • Pulseira de aterramento;
  • Calçado de segurança.

O que é um calçado antiestático?

Algumas atividades envolvem vapores, pós suspensos ou substancias inflamáveis que, em contato com fagulhas geradas através do acúmulo de energia estática no corpo, podem causar explosões e incêndios.

Equipamentos eletrônicos também podem ser danificados com a descarga eletrostática.

Os calçados antiestáticos são feitos para minimizar ao máximo os riscos citados acima. Eles permitem a saída da energia estática do corpo através dos pés.

IMPORTANTE: CALÇADO ANTIESTÁTICO E ELETRICISTA SÃO TOTALMENTE DIFERENTES!

Onde o calçado antiestático é utilizado?

  • Locais com atmosfera explosiva;
  • Indústrias Químicas;
  • Indústrias Farmacêuticas;
  • Industrias Eletroeletrônicas;
  • Postos de combustíveis;
  • Áreas de pintura esletrostática;
  • Entre outros.

Destaques da linha ESD da Estival

> Palmilha de montagem com característica antiestática fixada no cabedal pelo sistema strobel

> Fechamento através de atacador de elástico com trava

> Livre de metais com característica antiestática

> Confeccionado em microfibra ecológica hidrofugada

> Solado antiestático

> Forro em material não tecido

> Biqueira plástica

Conheça agora nossa linha completa de calçados ESD! Clique aqui

4 comentários em “Como se proteger da descarga eletrostática (ESD) no trabalho?”

  1. Avatar
    Alberto Fernando Donato

    Parabéns pela instrução formativa. Mesmo que em breve “verbete”, consegui compreender um pouco mais de assunto que já vivenciei. Gostaria de ter a oportunidade de novas instruções.
    Atenciosamente.
    AFD

    1. Equipe Estival

      Olá, Alberto!
      Ficamos muito contentes em ter conseguido passar para você um pouco sobre o assunto, o qual é tão importante!
      Continue acompanhando nosso Blog que semanalmente postamos sobre essa temática e muito mais!
      Obrigado e um abraço da equipe Estival.

  2. Pingback: Cuidados que você precisa ter com seu calçado ESD – Blog Estival

  3. Avatar

    Excelente conteúdo! Pude entender melhor para aprimorar a minha explicação sobre a necessidade do uso de jaleco, sapato e calcanheira.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

× Precisa de ajuda?